É um marco histórico da reabilitação oral, constituindo-se em uma forma segura e cientificamente comprovada de se repor raízes dentárias perdidas, sejam em razão de cárie, doença periodontal ou algum tipo de acidente.

Atualmente, o índice de sucesso dos implantes é próximo de 100%, desde que se sigam rigorosamente as regras de planejamento e execução cirúrgica do caso.

Para tanto, estudos detalhados devem anteceder a instalação cirúrgica do(s) implante(s), de forma que se possam minimizar os riscos e atingir a excelência dos resultados.

Basicamente, é constituído por duas fases de tratamento:
1) Cirurgia de instalação
2) Instalação da prótese após um período de espera de 15 a 40 dias.

Em casos mais favoráveis, próteses dentárias poderão ser instaladas na mesma sessão da cirurgia, não necessitando do tempo de espera convencional. Este tipo de procedimento é conhecido como carga imediata.